terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Criando um controle remoto simples para projetos

Hoje venho mostrar como fazer um controle remoto simples para você acionar os dispositivos mais variados, o custo é baixo e com criatividade e um pouco de conhecimento em eletrônica você pode utilizar esse controle para acionar LEDs, lâmpadas, motores, criar seu próprio veículo remotamente operado, entre outras opções.

Primeira parte, montagem do Transmissor:
Itens necessários:
- 1 HT-12E (encoder);

- 1 resistor de 1MΩ 1/4W;
- 1 Transmissor Wirelles KST-TX01;
- 1 Interruptor liga/desliga;
- 4 botões de pressão (pode ser NF ou NA);
Opcionais:
- 1 DIP Switch;
- 1 capacitor eletrolítico 6.3V 2200uF;
- 1 LED verde 5mm;
- 1 resistor de 470Ω 1/4W;
A ligação:
A ligação dos componentes é mostrada no circuito a seguir:
 
O interruptor serve para ligar e desligar a transmissão, a antena para o transmissor e (receptor) pode ser de um clip de metal ou um pedaço de arame de mais ou menos 15cm.
Os pinos A0 até A7 são utilizados como "chave" pelo encoder para "criptografar" o sinal a fim de evitar interferências de outros transmissores, nesses pinos você pode colocar todos ligados ao GND ou o DIP Switch, assim você pode escolher a configuração de conectado ou não ao GND. Veja a imagem do meu transmissor:
 
Note que o DIP Switch possui apenas 4 interruptores mas já é o necessário, o LED e o resistor eu coloquei depois do interruptor, para saber quando o circuito está ligado, o capacitor está ligado depois do LED, e apenas garante um fornecimento de energia mais uniforme já que posso utilizar a mesma fonte de energia para vários controles ao mesmo tempo. 
Esses 4 botões de pressão são do tipo NA (Normalmente Aberto), significa que quando pressionar ele fecha o circuito enviando um sinal LOW para o receptor, se você deseja que ele envie um sinal HIGH para acionar o circuito ele deve ser NF (Normalmente Fechado), assim as saídas do receptor estarão sempre com um sinal LOW e quando o botão é pressionado ela libera um sinal HIGH.
Para a alimentação do controle estou utilizando uma bateria de 4,8V, mas você pode adicionar um circuito regulador de voltagem LM7805 e alimentar o transmissor com uma bateria de 9V.

Segunda Parte, montagem do receptor: 
Itens necessários:
- 1 HT-12D (decoder);
- 1 resistor de 47KΩ 1/4W;
- 1 resistor de 470Ω 1/4W;
- 1 LED azul ou vermelho 5mm;
- 1 Receptor Wirelles MRF00040;
Opcionais:
- 1 DIP Switch;
- 1 capacitor eletrolítico 6.3V 1000uF;
A ligação:
 
O LED colorido (vermelho ou verde) serve para indicar a comunicação entre transmissor e receptor, quando ambos estão conseguindo se comunicar o LED está ligado, quando há transmissão de dados (algum botão foi pressionado no transmissor) o LED pisca. 
Da mesma forma que no transmissor o DIP Switch é colocado nos pinos de A0 até A7 (opcionalmente, podem todos ou apenas os desejados estarem ligados ao GND), e para haver comunicação entre transmissor e receptor, a configuração do DIP switch deve ser a mesma em ambos. No esquema onde existem 4 resistores de 470Ω juntos com os LEDs verdes, você substitui pelo circuito que deseja acionar, no meu caso coloquei pinos macho que posso conectar à uma pequena placa com um microcontrolador pré programado onde posso acionar um servo, um motor ou qualquer coisa.
Veja uma foto do meu receptor:
 
Estes pinos eu coloco eles conectados nessa placa: 
 
Que nada mais é do que um Atmega328 com uma programação que lê os valores de input e com base neles faz uma determinada ação, como por exemplo acionar motores pequenos com esse circuito:
 
Todos são circuitos simples de montar, basta saber um pouco de eletrônica, ou então pesquisar (Google está aí para isso). Segue uma foto com mais detalhes do DIP Switch:
 
Repare que como a configuração é a mesma (pinos 1 e 2 desligados, pinos 3 e 4 ligados) o LED azul do receptor está ligado indicando que os módulos estão conseguindo se comunicar normalmente. 
Montei esse sistema de controle remoto para poder acionar alguns projetos com um Kit Modelix entre outros.
Por hoje é isso, um abraço e até a próxima.

P.S.: os módulos wireless, bem como o encoder e decoder, foram comprados nessa loja online: http://www.sucitech.com.br/loja.

33 comentários:

Christian 20 de novembro de 2013 16:01  

qual e o alcance desse transmissor?
e que eu quero usar num aviao

Natanael da Silva Fim 21 de novembro de 2013 09:46  

Olá, o alcance é até 200m em local aberto dependendo da versão, mas o certo é que até 100m ele funcione.

Abner Franco 21 de dezembro de 2013 18:21  

ao precionar o botão no transmissor, o receptor manda apenas um puso no led ou deixa ele aceso ?

Natanael da Silva Fim 28 de dezembro de 2013 23:08  

ele manda um pulso, mas vc pode usar um microcontrolador que mantem ele acesso até outro pulso ser recebido.

Cassiano Ribeiro 30 de dezembro de 2013 21:10  

Ainda não conheço o componente DIP Switch. Não sei bem como funciona a conexão do mesmo ao circuito.
Cada pino do encoder de A0 a A7 vai em um pino (de um lado, portanto 4 pinos) desse componente? Se sim, então não precisa conectar todos os pinos do encoder no DIP?
Obrigado e parabéns pelo site.

Natanael da Silva Fim 31 de dezembro de 2013 10:31  

olá, você sabe o que é um switch?? ou seja, sabe como funciona um interruptor?, o dip switch é vários interruptores lado a lado.
o que fiz foi o seguinte, onde todos os pinos estão conectados no GND (tanto encoder quanto no decoder) eu coloquei um dip switch assim eu posso usar 2 radios no mesmo ambiente sem interferencias entre eles, basta configurar pinos diferentes conectados ao GND.

Rodrigo Andrade 4 de janeiro de 2014 01:22  

Como colocar um microcontrolador para manter até o segundo pulso ser dado? Parabéns pelo site

Natanael da Silva Fim 6 de janeiro de 2014 20:19  

Obrigado Rodrigo, vc deve programar o microcontrolador para ler um sinal de entrada, se sinal ligo liga, se se sinal lido novamente muda o estado do "liga" (desliga).

Memoria Ram 10 de janeiro de 2014 03:33  

Não entendi algumas coisas, como: onde ligo a bateria? O que faço com os pinos A8 ao GND do HT12E e HT12D? Onde colo o capacitor? O que significa a seta par baixo nos esquemas? O que significa os tres riscos menores empilhados voltados para baixo? Onde fica os fios (ou pinos) para eu conectar ao que eu vou controlar com o projeto? Posso usar os módulos TX e RX de 433Mhz? O que é essa peça azul ao lado do C.I.?

Natanael da Silva Fim 18 de janeiro de 2014 12:40  

Leia atentamente todo o texto, eu explico todas as suas duvidas nele.
Também sugiro que estude mais o básico de eletrônica como a simbologia dos componentes.

Abner Franco 20 de janeiro de 2014 14:24  

Tem como alterar a frequência caso eu queira usar o mesmo transmissor em aparelhos diferentes ou a frequência é fixa ?

Natanael da Silva Fim 21 de janeiro de 2014 08:06  

a frequência é fixa, mas é para isso que serve o DIP Switch, use uma configuração em cada par e ai você pode utilizar 2 no mesmo local.

Gu574v0 30 de janeiro de 2014 03:54  

Natanael obrigado pela explicação e o circuito
Ajuda muito pra quem ta comensando ágora, nessa área. Rs
Agora....
queria fazer com o mesmo trasmissor com 6 canais quais São os chipes que devo usar? (No lugar dos "ht-12") Isso é possível com aquele mesmo transmissor?

Natanael da Silva Fim 2 de fevereiro de 2014 23:10  

Não vi nenhum projeto dessa forma com 6 canais, acho que não é possivel. Caso precise de mais canais faça 2 receptores e configure os DIP Switches de forma diferentes.

Felipe Amaral 6 de fevereiro de 2014 23:51  

teria como fazer um sistema desse so que usando 15 botões individuais?

Felipe

Natanael da Silva Fim 7 de fevereiro de 2014 08:53  

dessa forma não, só se você usar 4 pares de transmissores/receptores.

E. Santos 15 de fevereiro de 2014 19:52  

Quantos Volts sai nas saídas do decoder?

Natanael da Silva Fim 16 de fevereiro de 2014 19:14  

a mesma tensão que você fornecer.

Thallys Augusto Silverio 18 de fevereiro de 2014 15:31  

Ola, fiz o circuito, tudo funcionou perfeitamente, mas quando ligo o transmissor, outros aparelhos eletrônicos a radio frequência, como portao eletrônico, alarme do carro entre outros, param de funcionar, existe algum tipo de codificação especifico, ou algo que possa me ajudar?

Natanael da Silva Fim 18 de fevereiro de 2014 19:53  

ola, o que você pode fazer é mudar a configuração dos pingos ligados ao GND no transmissor e receptor (alterando a posição dos DIP Switch) assim ele deixa de operar na faixa dos outros aparelhos, se isso persistir, bom, deve ser seu transmissor/receptor com mal funcionamento, pois os meus não criaram essa interferência.

Łυcαร √ιαиα ¯\_/¯ 17 de março de 2014 19:07  

Boa Tarde, esse controle funcionaria ne uma Ponte H? >http://www.robotizando.com.br/artigo_ponte_h_pg1.php

Natanael da Silva Fim 17 de março de 2014 21:00  

olá, funciona sim, apenas cuide a fiação ;)

Luis Silva 8 de abril de 2014 07:54  

Bom dia,

No Dip Switch temos 4 pinos e no encoder os pinos de A0 a A7 são 8 pinos como será feita a ligação?
Se possivel poste uma foto do lado de baixo da placa.

Natanael da Silva Fim 8 de abril de 2014 12:33  

Luis, quatro eu deixei conectados sempre no GND e quatro eu posso escolher entre conectar ou não.

Abner Franco 4 de maio de 2014 16:06  

Fiz a montagem correta do circuito e revisei varias vezes. Ele liga normal mas o CI esquenta muito. Isso é normal ? Só não consegui comunicar os dois.

Natanael da Silva Fim 4 de maio de 2014 18:30  

Olá Abner, não é normal, qual a tensão que você está fornecendo?
Eu utilizo em 5V e nunca tive problemas de aquecer demais.

Paulo Pedron 5 de maio de 2014 00:25  

Se ao inves de eu usar o mesmo circuito do receptor, eu usar um circuito ponte h para controle de dois motores e usar o somente o mesmo receptor, dá certo?

Paulo Pedron 5 de maio de 2014 01:47  

o antepenultimo e o penultimo (Atmega328) circuito que voce postou, faz parte do circuito do receptor e do transmissor? é necessario utiliza-lo?

Natanael da Silva Fim 5 de maio de 2014 07:21  

Olá Paulo, o atmega eu uso para ler a saída do controle e converter em um sinal para acionamento de um servo-motor, o outro circuito é para amplificar o sinal do controle para acionar motores elétricos de tração, ambos são necessários na minha configuração. Depende de sua necessidade.
Quanto a utilizar uma ponte-h, se fizer as ligações corretas, funciona sim.

Andre Bueno 14 de maio de 2014 02:17  

Montei o contro td funcionou perfeito testei a distancia e consegui uns 150 metros em linha reta, porem ao utilizar em um carrinho tive um problema, quando aciono o motor q utilizei uma ponte h para isso, ele funciona em seguida apaga meu led do receptor e o motor nao desliga tendo q encostar as antenas para parar ... foi colocado baterias independentes mas nen assim funcionou .... o q seria ???

Natanael da Silva Fim 19 de maio de 2014 07:21  

você está com interferências no veículo. Verifique se você possui os capacitores cerâmicos soldados aos terminais do motor para diminuir a interferencia causada pela comutação das escovas.
Verifique se o circuito não possui alguma área de isolamento onde exista uma carga indutiva nela (caso tenha montado um PCI para o projeto). Caso utilize baterias independentes, o negativo de ambas devem estar interligados.

Hanork 12 de agosto de 2014 16:40  

Olá, é possível usar potenciômetro no lugar dos botões? Eu tô tentando fazer um helicóptero

Natanael da Silva Fim 13 de agosto de 2014 09:50  

Não é possivel, apenas com botões funciona.